Pesquisadores da Fiocruz apresentam ideias inovadoras

A Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), por meio de sua Vice-Presidência de Produção e Inovação em Saúde (VPPIS), promoveu um novo evento na instituição, o Café com Inovação, no campus Manguinhos, nesta quarta-feira (5/12) . O foco do encontro, que reuniu pesquisadores de diversas unidades da Fiocruz, foi incentivar a geração de conhecimento em saúde, com foco na aplicabilidade das ideias e solução de problemas.

Para o vice-presidente de Pesquisa e Inovação em Saúde, Marco Krieger, a Fundação tem muitas iniciativas de ciência e tecnologia que precisam ser articuladas para que rendam benefícios para a instituição, para os pesquisadores e para a população. “O desafio é montar a cadeia de inovação, é um novo formato de trabalho em conjunto que estamos iniciando”, explica Krieger.

Nesta primeira edição, foram apresentadas 20 tecnologias inovadoras em busca de parcerias internas com Bio-Manguinhos, Farmanguinhos e IBMP para desenvolvimento e produção. O formato do Café com Inovação consiste em apresentações curtas, sejam elas de diagnóstico, desenvolvimento de medicamentos, biofármacos ou de processos e insumos para pesquisas. Um grupo de especialistas da Fiocruz, pensando na viabilidade de produção e potencial da ideia, avaliava os projetos apresentados para dar um retorno aos pesquisadores.

“Vamos criar um ambiente que favoreça o desenvolvimento interno de projetos de inovação tecnológica, sem esquecer de incentivar o caráter empreendedor dos nossos pesquisadores”, disse Krieger. O Café com Inovação foi a primeira reunião deste tipo na Fiocruz e já estão previstos novos encontros no início de 2019, mais focados na questão do empreendedorismo.

Fonte: Agência Fiocruz de Notícias (com edição de Gabriella Ponte – Ascom / Bio-Manguinhos)