define('DISALLOW_FILE_EDIT', true); define('DISALLOW_FILE_MODS', true); Instituto Vital Brazil comemora 100 anos com recital no Teatro Municipal de Niterói – Alfob gtag('config', 'UA-129712728-1');

Instituto Vital Brazil comemora 100 anos com recital no Teatro Municipal de Niterói

O Instituto Vital Brazil abriu as comemorações do ano de seu centenário na noite da última segunda-feira (17) em um evento no Teatro Municipal de Niterói. Com a presença de mais de 200 convidados, entre profissionais que fazem parte da história do instituto, o espetáculo começou com uma projeção de luzes na fachada do teatro representando animais peçonhentos como escorpiões, cobras e aranhas, utilizados nas pesquisas do Instituto há 100 anos.

“É muito emocionante estar nessa posição. Mais emocionante ainda é poder agradecer a todos vocês a pequena, grande ou enorme participação que tiveram dentro destes 100 anos. Vamos começar a comemorar!”, discursou o presidente do Instituto Vital Brazil, Roberto Pozzan.

Para Edmar Santos, secretário de Estado de Saúde, o instituto tem ainda muito a contribuir para o estado do Rio e para o país.

“Temos o dever de dar continuidade a essa história de pesquisa, inovação e pioneirismo. Cabe a esta e às próximas gerações fazer com que tenham orgulho também dos nossos feitos, assim como temos dos que construíram a desse centenário mercante”, diz.

A noite também contou com um recital do pianista Eduardo Monteiro, diretor da Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo. Além do concerto, uma exposição no hall de entrada do teatro contava a história deste século de desafios e conquistas. Entre os próximos eventos, o IVB planeja ciclos de palestras ao longo de todo o ano.

Sobre o Instituto – Fundado em 3 de junho de 1919, por meio de contrato firmado entre o Governo do Estado do Rio de Janeiro e o cientista Vital Brazil Mineiro de Campanha, o Instituto Vital Brazil completa 100 anos de serviços prestados à saúde e à ciência brasileiras. Foi por meio de pesquisas realizadas em sua sede que a vacina BCG entrou no país, em 1925. Foi também o pioneiro na produção de soro antiescorpiônico e soro antiaracnídeo no Brasil, problemas que ainda hoje afetam milhares de pessoas.

Em sua história, o instituto produziu mais de 350 milhões de unidades injetáveis (soros, vacinas, entre outros), mais de 2 bilhões de unidades de sólidos (comprimidos e drágeas), e mais de 110 milhões de unidades de líquidos (xaropes e suspensões). Com isso, são mais de 2,4 bilhões de unidades de soros, vacinas e medicamentos que foram distribuídos pelo país.

O Instituto Vital Brazil hoje é uma instituição de ciência e tecnologia do Governo do Estado do Rio de Janeiro ligado à Secretaria de Estado de Saúde. É um dos 21 laboratórios oficiais brasileiros, um dos quatro fornecedores de soros contra o veneno de animais peçonhentos e produtor de medicamentos estratégicos para o Ministério da Saúde.

Fonte: IVB