Funed desenvolve aplicativo sobre animais peçonhentos

O aplicativo O Mundo dos Venenos foi adicionado recentemente à PlayStore, loja de aplicativos destinados a aparelhos com sistema operacional Android. O app funciona como um e-book de quadrinhos educativos sobre animais peçonhentos e foi desenvolvido por Juliana Moraes, no período que ainda era bolsista do programa BIC-Jr na Fundação Ezequiel Dias (Funed), em 2017.

Márcia Helena Borges, chefe do Serviço de Proteômica e Aracnídeos (SPAR) e orientadora de Juliana, comenta sobre como o tema ainda precisa ser desmitificado. “Trabalho com venenos animais desde a graduação e percebo que este assunto assombra várias pessoas, uma vez que a maioria delas tem muito medo de encontrar um animal peçonhento. Este medo é importante e até saudável, mas há muitos mitos envolvendo estes animais e seus venenos”, explica.

No intuito de conscientizar as pessoas sobre assuntos relacionados ao mundo dos venenos foi que Márcia propôs à Juliana desenvolver um aplicativo. “Assim, a ideia do aplicativo é disponibilizar conhecimento à população, principalmente a alunos tão jovens como a bolsista. Esta seria uma forma de desmitificar algumas ideias envolvendo os animais peçonhentos”.

Para Juliana, o projeto representou um desafio, já que programar ainda não era uma de suas aptidões. Márcia contribuiu principalmente com as orientações sobre a pesquisa bibliográfica para garantir a produção do quadrinho científico. Os desenhos foram feitos pela própria BIC Jr., que, após terminar, se uniu com um aluno do Dr. Sérgio Campos, professor da escola de Computação da UFMG, para sanar dúvidas sobre a plataforma e a programação.

“Quando a Márcia deu a ideia de fazer um aplicativo, eu fiquei com muito medo porque eu não tinha ideia de como fazer isso, mas gostei, tanto que hoje eu aprendendo outras coisas sobre computação, por ter gostado. Eu não sabia programação, então, toda semana, quase todo dia, na verdade, eu ia na UFMG para aprender alguma coisa no departamento de tecnologia”, comenta Juliana.

Com plataforma simples e dinâmica, O Mundo dos Venenos dispõe de um guia de apresentação do projeto e outras duas áreas, divididas em “Serpentes” e “Aranhas”, e cada uma possui duas histórias que abordam de maneira lúdica um tema que por vezes é alvo de mitos.

Como orientadora, Márcia conta que a experiência foi proveitosa para Juliana, mas também para ela. “Para mim, é muito importante poder contribuir para a formação de outras pessoas, e acredito que contribuí diretamente com a formação da Juliana e, indiretamente, com todos que tiverem a oportunidade de ler o livro ou usar o aplicativo. Juliana ingressou no curso de Ciências Biológicas da UFMG e acredito que a experiência dela, aqui, muito contribuiu para conquistar essa vaga na universidade”.

Para ter acesso ao conteúdo, clique aqui ou pesquise por O Mundos do Venenos na PlayStore e baixe o aplicativo. Atualmente disponível para Android.

Outro aplicativo

Além do aplicativo O Mundo dos Venenos, a Funed também já lançou o aplicativo Cobra Coral, que tem o objetivo de mostrar como não especialistas podem diferenciar uma cobra coral verdadeira (peçonhenta) de uma falsa coral (não peçonhenta). O aplicativo foi desenvolvido sob coordenação da bióloga Giselle Agostini Cotta, responsável pelo Serviço de Coleções Científicas e Popularização da Ciência, da Diretoria de Pesquisa e Desenvolvimento da Funed.

Fonte: Funed